Bovespa descola de NY e cai 1,35%
Por volta das 15 horas, o Ibovespa registrava desvalorização de 1,35%, aos 65.323 pontos, com giro financeiro de R$ 3,60 bilhões. Na mínima, o índice bateu 64.718 pontos.
Em Wall Street, os índices tentam firmar alta. Contribuindo para a melhora de sentimento, o Conference Board mostrou que a confiança do americano subiu em janeiro. O índice avançou de 53,6 para 55,9 pontos. Foi o terceiro mês seguido de alta e o resultado superou as estimativas. Há pouco, o Dow Jones marcava alta de 0,63%, enquanto o S & P 500 e o Nasdaq avançava 0,42% e 0,50%, respectivamente.

Como na Bovespa, a aversão ao risco dita a tomada de posições no mercado de câmbio. O dólar caminha para o sexto pregão seguido de alta e preços não observados em 4 meses. Há pouco, o dólar comercial subia 1,09%, a R$ 1,840 na venda. Na máxima a moeda foi negociada a R$ 1,850.

De volta à Bolsa, o setor de commodities lidera as vendas. Petrobras PN recuava 2,15%, a R$ 34,00, menor preço menor preço desde o final de setembro do ano passado. Já Vale PNA marca o quarto dia seguido de baixa, recuando 1,98%, a R$ 42,88.

Ainda entre os mais negociados, OGX Petróleo firmou alta e subia 2,38%, a R$ 18,04. A Bradesco Corretora elevou o preço alvo do papel de R$ 23,9 para R$ 26,5 em dezembro. Entre as siderúrgicas, destaque para Usiminas. O papel PNA subia 1,07%, a R$ 47,00, e o ON aumentava 1,26%, a R$ 48,15.

No setor financeiro, BM & FBovespa ON devolvia 1,74%, a R$ 12,41, Itaú Unibanco PN desvalorizava 0,96%, a R$ 35,90, e Banco do Brasil ON caía 2,69%, a R$ 27,77.

Depois da forte alta da sexta-feira, as ações da Eletrobrás ajustam para baixo. O papel ON caía 3,07%, a R$ 40,73, e o PNB devolvia 0,71%, a R$ 34,94. Na semana passada, a estatal definiu o pagamento de mais de R$ 10 bilhões em dividendos atrasados.

Com a maior baixa dos 63 ativos listados, LLX Logística desvalorizava 4,30%, para R$ 8,44. MMX Miner ON, B2W Varejo ON, Lojas Americanas PN, TIM PN, Gol PN, Fibria ON, Lojas Renner ON e JBS ON caíam ao menos 3% cada.
Escapando às vendas, Redecard ON tinha acréscimo de 3,10%, a R$ 27,27, Cemig PN aumentava 1,53%, a R$ 29,84, e TAM PN se valorizava 1,19%, a R$ 36,43.

Fora do índice, os recibos da Laep subiam 5,37%, a R$ 2,55, com R$ 33 milhões em volume.

As ações ON da Gradiente reduziram o ritmo de alta para 1,91%, a R$ 9,07, depois de subir a R$ 9,98. Foi aprovado em assembleia de acionistas o pedido de recuperação extrajudicial, a alteração do nome da empresa pra IGB Eletrônica, e a transferência de ativos para a Companhia Brasileira de Tecnologia Digital (CBTD), empresa resultante do processo de reestruturação da Gradiente.

 
Certificado Digital
  O processo de obtenção do certificado digital compreende quatro momentos distintos...
Mercado de seguros cresce no Brasil
  No período, o segmento movimentou
R$ 2,820 bilhões em prêmios ...
Bovespa descola de NY e cai 1,35%
Por volta das 15 horas, o Ibovespa
registrava desvalorização de 1,35%,
aos 65.323 pontos, com giro
financeiro de R$ 3,60 bilhões.
 
  mais informes 4